Brenda Ligia-Cinema,TV,Teatro

Minha foto
Brenda Ligia: prêmio de Melhor Atriz no festival CinePE 2017. Estreias: “Onde Quer Que Você Esteja” (longa/ Macondo Filmes SP); “Causa Mortis” (curta/ LRJ Filmes), “África da Sorte” (série/ TV Brasil), “15 Segundos” (longa/ prod.: Antonio Fagundes). Brenda está nos longas “Todas as Cores da Noite” (Pedro Severien), “As Melhores Coisas do Mundo” (Laís Bodanzky), “Sangue Azul” (Lírio Ferreira), “Bruna Surfistinha” (Marcus Baldini). Atuou nas séries de televisão “Sob Pressão” (Rede Globo), “A Mulher do Prefeito” (Rede Globo), “Beleza S/A” (GNT), “9mmSP” (Fox), “Somos Um Só” (TV Cultura). Formada em Comunicação Social na Faculdade Oswaldo Cruz/ SP. Cursou Técnico Profissionalizante em Teatro no Teatro Escola Macunaíma/SP. Em Teatro, foi dirigida por Wagner Moura na leitura dramática do espetáculo “Tchau, Querida”. Cursou Ciências Sociais na University of the West Indies (Trinidad & Tobago, Caribe) e Francês em Vevey (Suíça). Idiomas: Português, Inglês, Francês. Publicidade: Vivo, Santander, Sebrae, Coca-Cola, Mc Donald’s, Nossa Caixa, Nestlé, Nextel. Também APRESENTADORA e videomaker. CONTATO: brenda.ligia@hotmail.com

9 de abril de 2014

Um milagre

Aconteceu um MILAGRE na minha família! 
-Na foto, minha amada prima Andressa Iza Gonçalves (que vi nascer), seu marido querido Paulo Morais (homem da melhor qualidade), e a pequenina bebê recém-nascida Carol, que veio ao mundo cheia de delicadezas (nasceu em casa) e cercada por tanto AMOR que nem cabe numa foto. Seja bem-vinda, nova priminha... a família Miguel, Gonçalves, Morais já te ama sem limites!
Andressa, Paulo e a pequena Carol
Por Kalu Brum (doula)
"Com o bebê parido naturalmente em casa, nos braços, ela disse: é muito poder!
Muito poder, entrega, medo, fé.
Ela chegou de Divinópolis/MG com mais de 38 semanas. Quaria parir em casa, mas nem casa ela tinha.
Até que descobriu que os sogros iriam viajar.
Mas aí já era tarde para ter filho em casa...Até que ela foi informada que existia uma equipe de Parto Domiciliar do Hospital Sofia Feldman (SUS).
Ela conseguiu a consulta na segunda pela manhã.
Na terça iria receber o restante da equipe. Entrou em trabalho de parto, com contrações de 2 em 2 minutos, correu para a instituição. Um médico coerente verificou 2 cm e colo grosso. Pediu para que voltasse para casa. Sua doula de Divinópolis acionou a equipe de Doulas de BH. Às 3h50 recebo a ligação do marido de Andresa, Paulo, calmo, dizendo que as contrações haviam se intensificado.
Cheguei de manha e encontrei uma mulher inteira, dançando com suas contrações. De 4, na cama, recebia massagem desta doula e do marido.
Às 12h chegou a equipe do Sofia. Convidei-a para sentar na banqueta no chuveiro e lá ela ficou.
Se tocava e sentia a descida do bebê, consciente, poderosa, pariu Carolina, 14h16 debaixo do chuveiro, sustentada pelo marido. Chamando seu nome, bem alto, misturado com gritos e gemidos que se assemelhavam a uma manhã de amor.
Com a filha nos braços dizia: é muito poder! E é!"

Nenhum comentário: