Brenda Ligia-Cinema,TV,Teatro

Minha foto
Brenda Ligia, atriz. Estreias em 2017: “Onde Quer Que Você Esteja” (longa da Macondo Filmes/SP); “Causa Mortis” (curta da LRJ Filmes/PE), “Sob Pressão” (série da Rede Globo/ direção: Andrucha Waddington) e “África da Sorte” (série da TV Brasil/direção: Renata Pinheiro). Brenda está nos longas "Todas as Cores da Noite" (Pedro Severien), "As Melhores Coisas do Mundo" (Laís Bodanzky), "Sangue Azul" (Lírio Ferreira), "Bruna Surfistinha" (Marcus Baldini). Atuou nas séries de televisão "A Mulher do Prefeito" (Rede Globo), "Beleza S/A" (GNT), "9mm SP" (Fox), "Somos Um Só" (TV Cultura). Também é apresentadora e videomaker (roteiriza, dirige e monta curtas autorais). Protagonizou diversos comerciais e videoclipes musicais. Estudou no Teatro Escola Macunaíma/SP; atuou em comédias, musicais, infantis e dramas. Foi dirigida por Wagner Moura na leitura dramática do espetáculo “Tchau, Querida!”, de Ana Maria Gonçalves, no Auditório Ibirapuera (nov/16). É formada em Comunicação Social pela Faculdade Oswaldo Cruz/SP, cursou Ciências Sociais na University of the West Indies (Trinidad & Tobago, Caribe) e Francês em Vevey (Suíça). CONTATO: brenda.ligia@hotmail.com

26 de maio de 2011

Leitura Dramática!

Dorotéia, de Nelson Rodrigues
Leitura Dramatizada- Elenco: Brenda Ligia, Cleyton Cabral, Elis Costa, Jorge Féo, Laís Vieira, Luciana Canti e Thiago França. Direção: Daniel Barros. Terça-feira ,31 de maio, 20h. Espaço MUDA - R. Capitão Lima, 280 - Recife - PE - Brasil


Trata-se possivelmente da obra mais controversa de todo o polêmico repertório dramático rodrigueano. Considerada uma peça-problema por críticos e profissionais do teatro, apresenta contradições interpretativas tão amplas que raramente foi possível levá-la aos palcos.
Programação e info: Espaço MUDA - http://espacomuda.blogspot.com/

"Uma casa sem quartos, três mulheres que não dormem para não sonhar, uma menina noiva de um par de botas e uma linda prima distante que precisa ficar feia para se redimir dos seus pecados. Essa é a história da peça Dorotéia, a primeira "farsa irresponsável em três atos".

2 comentários:

Anônimo disse...

Vou assistir voce eh linda

Cax disse...

Pena, que estou longe, gosto dessa peça.
beijo