Brenda Ligia-Cinema,TV,Teatro

Minha foto
Brenda Ligia, atriz. Estreias em 2017: “Onde Quer Que Você Esteja” (longa da Macondo Filmes/SP); “Causa Mortis” (curta da LRJ Filmes/PE), “Sob Pressão” (série da Rede Globo/ direção: Andrucha Waddington) e “África da Sorte” (série da TV Brasil/direção: Renata Pinheiro). Brenda está nos longas "Todas as Cores da Noite" (Pedro Severien), "As Melhores Coisas do Mundo" (Laís Bodanzky), "Sangue Azul" (Lírio Ferreira), "Bruna Surfistinha" (Marcus Baldini). Atuou nas séries de televisão "A Mulher do Prefeito" (Rede Globo), "Beleza S/A" (GNT), "9mm SP" (Fox), "Somos Um Só" (TV Cultura). Também é apresentadora e videomaker (roteiriza, dirige e monta curtas autorais). Protagonizou diversos comerciais e videoclipes musicais. Estudou no Teatro Escola Macunaíma/SP; atuou em comédias, musicais, infantis e dramas. Foi dirigida por Wagner Moura na leitura dramática do espetáculo “Tchau, Querida!”, de Ana Maria Gonçalves, no Auditório Ibirapuera (nov/16). É formada em Comunicação Social pela Faculdade Oswaldo Cruz/SP, cursou Ciências Sociais na University of the West Indies (Trinidad & Tobago, Caribe) e Francês em Vevey (Suíça). CONTATO: brenda.ligia@hotmail.com

9 de outubro de 2014

Prêmio de melhor filme para Sangue Azul (Festival do Rio)

Cineasta Lírio Ferreira e atriz Brenda Ligia
em Fernando de Noronha (Sangue Azul)
Ontem à noite, no Rio de Janeiro, nosso "Sangue Azul - O Filme" ganhou o prêmio de melhor longa-metragem de ficção no Festival do Rio | Rio International Film Festival (concorrendo com 41 outros longas)! O cineasta Lirio Ferreira também foi premiado como melhor diretor. De fato, todas as vezes em que tive o privilégio de ser dirigida pelo talentoso pernambucano, criou-se uma atmosfera mágica onde a criatividade reinava. O homem trabalha com aquele brilho nos olhos de criança quando abre um brinquedo pela primeira vez. Ele vibra (ou sofre) junto com a gente! É um artista que consegue extrair o melhor de cada ator, pois sabe exatamente o que quer de cada cena (ou finge saber muito bem! hehehe), agregando ao fluxo imprevisível do processo criativo. Isso é lindo e raro!



Sangue Azul no Festival do Rio
Lirio Ferreira, vulgo "Gatito", um cineasta sensível e aberto ao teatro do acaso, permite que seu talento instintivo comande o elo ator-diretor. É rico, único e gratificante! Quem viveu, sabe como é... amor à arte e à vida. 


Gatito, parabéns! Muito amor pra você! Muito obrigada! "Jandira" foi um personagem inesquecível que você me deu de presente para batizar Fernando de Noronha com nosso "Sangue Azul". Aprendi muito com você e com sua trupe de primeira linha... experiência única! 


PS.1: Sangue Azul, que também levou prêmios no Paulínia Film Festival, será exibido em breve, no festival Janela Internacional de Cinema do Recife. Por enquanto, segue sem data de estreia nacional. Também estou louca pra assistir! Parabéns, também, pro Rômulo Braga, que ontem ganhou o prêmio de melhor ator coadjuvante. 


PS.2: Abaixo, trechos de um episódio da série de televisão "Somos Um Só" (Tv Cultura), sob direção de Lírio Ferreira. Com: Brenda Ligia, Xico Sá, Mário Bortolotto, José Mojica Marins Zé Do Caixão, Lirinha, Halley Maroja e grande elenco.

Nenhum comentário: