Brenda Ligia-Cinema,TV,Teatro

Minha foto
Brenda Ligia: prêmio de Melhor Atriz no festival Cine PE 2017 (Mostra Curtas PE). Estreias em 2017: “Onde Quer Que Você Esteja” (longa da Macondo Filmes/SP); “Causa Mortis” (curta da LRJ Filmes/PE), “Sob Pressão” (série da Rede Globo/ direção: Andrucha Waddington) e “África da Sorte” (série da TV Brasil/direção: Renata Pinheiro). Brenda está nos longas "Todas as Cores da Noite" (Pedro Severien), "As Melhores Coisas do Mundo" (Laís Bodanzky), "Sangue Azul" (Lírio Ferreira), "Bruna Surfistinha" (Marcus Baldini). Atuou nas séries de televisão "A Mulher do Prefeito" (Rede Globo), "Beleza S/A" (GNT), "9mm SP" (Fox), "Somos Um Só" (TV Cultura). Também é apresentadora e videomaker. Protagonizou comerciais e videoclipes musicais. Estudou no Teatro Escola Macunaíma/SP; atuou em comédias, musicais, infantis e dramas. Foi dirigida por Wagner Moura na leitura dramática do espetáculo “Tchau, Querida!”. É formada em Comunicação Social pela Faculdade Oswaldo Cruz/SP, cursou Ciências Sociais na University of the West Indies (Trinidad & Tobago, Caribe) e Francês em Vevey (Suíça). CONTATO: brenda.ligia@hotmail.com

19 de agosto de 2013

Direto do Théâtre du Soleil


Este é o cara: Jean-Jacques Lemêtre, de Paris

Aprender é tão bom! Acabei de fazer um  curso com um dos nomes mais respeitados na área de musicalização cênica, Jean-Jacques Lemêtre (integrante do Théâtre du Soleil desde 1979). Este mestre ganhou o prêmio Molière na categoria música para teatro e compõe trilhas para cinema ao lado de David Lynch. Para ele, "a música representa um terceiro pulmão do ator". Na oficina, trabalhamos o corpo harmônico, melódico e rítmico, através da concentração, presença cênica e improvisação. Pense numa atriz animada… sou eu! 
Brenda Ligia e Jean-Jacques Lemêtre

♥ Obrigada ao Coletivo Angu de Teatro, que sempre renova a cena artística e cultural da cidade trazendo o que há de melhor no mundo. É um grande prazer estar com vocês e celebrar os bons frutos que surgem dessas ricas parcerias. Evoé!
Aula de Jean-Jacques Lemêtre na sede do Coletivo Angu de Teatro


A turma toda!

Nenhum comentário: