Brenda Ligia-Cinema,TV,Teatro

Minha foto
Brenda Ligia: prêmio de Melhor Atriz no festival CinePE 2017. Estreias: “Onde Quer Que Você Esteja” (longa/ Macondo Filmes SP); “Causa Mortis” (curta/ LRJ Filmes), “África da Sorte” (série/ TV Brasil), “15 Segundos” (longa/ prod.: Antonio Fagundes). Brenda está nos longas “Todas as Cores da Noite” (Pedro Severien), “As Melhores Coisas do Mundo” (Laís Bodanzky), “Sangue Azul” (Lírio Ferreira), “Bruna Surfistinha” (Marcus Baldini). Atuou nas séries de televisão “Sob Pressão” (Rede Globo), “A Mulher do Prefeito” (Rede Globo), “Beleza S/A” (GNT), “9mmSP” (Fox), “Somos Um Só” (TV Cultura). Formada em Comunicação Social na Faculdade Oswaldo Cruz/ SP. Cursou Técnico Profissionalizante em Teatro no Teatro Escola Macunaíma/SP. Em Teatro, foi dirigida por Wagner Moura na leitura dramática do espetáculo “Tchau, Querida”. Cursou Ciências Sociais na University of the West Indies (Trinidad & Tobago, Caribe) e Francês em Vevey (Suíça). Idiomas: Português, Inglês, Francês. Publicidade: Vivo, Santander, Sebrae, Coca-Cola, Mc Donald’s, Nossa Caixa, Nestlé, Nextel. Também APRESENTADORA e videomaker. CONTATO: brenda.ligia@hotmail.com

24 de fevereiro de 2011

Na casa da Deborah

Segue um vídeo que gravamos no mês passado, durante a entrevista, na casa da Deborah. Divertido!
Link: http://vip.abril.com.br/videos/especiais/filme-bruna-surfistinha-b39f046694b0c2333e0bce18d8288224.shtml

Minha personagem, Kelly, inicialmente não existia no roteiro (sua participação era realmente mínima). Aos poucos foi crescendo e ganhando espaço no filme, ao longo do mês de preparação de elenco. O processo foi incrível, com muitas descobertas e crises. No todo, Kelly ainda é pequena demais. Mas digo, desde já, que fazer esse trabalho foi gratificante ao extremo. Me diverti, amadureci e aprendi bastante. E contracenar com nomes como Deborah Secco, Drica Moraes e Cássio Gabus Mendes simplesmente NÃO TEM PREÇO. Nem que Kelly tivesse tido uma diária apenas, já teria valido à pena. Obrigada, obrigada... para todo o sempre. E viva a sétima arte! Viva o cinema nacional!

2 comentários:

Anônimo disse...

Assisti Bruna ontem e gostei bastante do seu personagem. O filme me surpreendeu. O cinema todo riu muito da sua cena com a Drica e com a Debora. Parabens, Brenda, voce e mesmo uma ATRIZ DE CINEMA.

Braulio Pereira disse...

oi Brenda

adorei visitar voce..


beijos!!!