Brenda Ligia-Cinema,TV,Teatro

Minha foto
Brenda Ligia, atriz. Estreias em 2017: “Onde Quer Que Você Esteja” (longa da Macondo Filmes/SP); “Causa Mortis” (curta da LRJ Filmes/PE), “Sob Pressão” (série da Rede Globo/ direção: Andrucha Waddington) e “África da Sorte” (série da TV Brasil/direção: Renata Pinheiro). Brenda está nos longas "Todas as Cores da Noite" (Pedro Severien), "As Melhores Coisas do Mundo" (Laís Bodanzky), "Sangue Azul" (Lírio Ferreira), "Bruna Surfistinha" (Marcus Baldini). Atuou nas séries de televisão "A Mulher do Prefeito" (Rede Globo), "Beleza S/A" (GNT), "9mm SP" (Fox), "Somos Um Só" (TV Cultura). Também é apresentadora e videomaker (roteiriza, dirige e monta curtas autorais). Protagonizou diversos comerciais e videoclipes musicais. Estudou no Teatro Escola Macunaíma/SP; atuou em comédias, musicais, infantis e dramas. Foi dirigida por Wagner Moura na leitura dramática do espetáculo “Tchau, Querida!”, de Ana Maria Gonçalves, no Auditório Ibirapuera (nov/16). É formada em Comunicação Social pela Faculdade Oswaldo Cruz/SP, cursou Ciências Sociais na University of the West Indies (Trinidad & Tobago, Caribe) e Francês em Vevey (Suíça). CONTATO: brenda.ligia@hotmail.com

9 de fevereiro de 2009

poesia



A fúria da natureza é a única certeza
Destelha casas, almas, fortunas
Esbugalha olhos, varre tudo
Deixa limpo o imundo; move o mundo
A chuva levou minha mágoa pelo ar
Minha água regou, fez a noite clarear

(essas palavras brotam soltas, estreitas, tal qual Drummond
É a retórica da minh'alma imperfeita, não importando se é ruim ou bom)

E a chuva me trouxe a poesia; a solidão, a vida, a alegria
"Fique seguro, meu amor, meu querido; Só confie no meu sexto sentido
Sei que alagou toda a marginal; Pinheiros, Tietê, Mofarrej e a Radial
O bueiro tá entupido, amor; é um lixão
Pós-tempestade tem calmaria, e dias melhores virão
Basta a gente acreditar, amor, é só querer
Nesta vida, a chuva mostra que o amor vai florescer"
Escrito por Brenda Ligia, na hora em que a chuva caiu feito pé-de-toró. Deu medo.

(inspirado na frase de Cyro Bittencourt -"O AMOR MOVE TUDO")

Nenhum comentário: