Brenda Ligia-Cinema,TV,Teatro

Minha foto
Brenda Ligia: prêmio de Melhor Atriz no festival Cine PE 2017 (Mostra Curtas PE). Estreias em 2017: “Onde Quer Que Você Esteja” (longa da Macondo Filmes/SP); “Causa Mortis” (curta da LRJ Filmes/PE), “Sob Pressão” (série da Rede Globo/ direção: Andrucha Waddington) e “África da Sorte” (série da TV Brasil/direção: Renata Pinheiro). Brenda está nos longas "Todas as Cores da Noite" (Pedro Severien), "As Melhores Coisas do Mundo" (Laís Bodanzky), "Sangue Azul" (Lírio Ferreira), "Bruna Surfistinha" (Marcus Baldini). Atuou nas séries de televisão "A Mulher do Prefeito" (Rede Globo), "Beleza S/A" (GNT), "9mm SP" (Fox), "Somos Um Só" (TV Cultura). Também é apresentadora e videomaker. Protagonizou comerciais e videoclipes musicais. Estudou no Teatro Escola Macunaíma/SP; atuou em comédias, musicais, infantis e dramas. Foi dirigida por Wagner Moura na leitura dramática do espetáculo “Tchau, Querida!”. É formada em Comunicação Social pela Faculdade Oswaldo Cruz/SP, cursou Ciências Sociais na University of the West Indies (Trinidad & Tobago, Caribe) e Francês em Vevey (Suíça). CONTATO: brenda.ligia@hotmail.com

30 de junho de 2012

Nos embalos de sábado à noite...

Cenário♦ Alguém te convida pra uma festa sábado à noite e você não vai: fica em casa com boa música, meia garrafa de Periquita e uma tortinha assando no forno.

Aí a pessoa fica postando a cada 10min: "que festa boa!"; "que noite maravilhosa!", etc, enquanto preparo uma side-salad pra comer com a torta.

Então toca o telefone: é a pessoa, já altinha de cachaça, querendo que eu ouça a música que tá tocando lá, ao vivo. Ok: escuto mal, mas com paciência, durante 2min e 37 segundos (parecem uma eternidade...). Ela desliga na sua cara (deve estar muito emocionada).

Abaixo o fogo (do forno). Sirvo. Como. Bebo. Entro no facebook e vejo que fui marcada (pela pessoa!) em 3 publicações; entre elas, um prato de canjica (afinal, é São João!).

Toca meu telefone: é a pessoa ligando pra dizer o quão PANACA eu sou, por não estar na festa (escrevi em maiúsculas porque ela gritou na palavra "panaca", que eu pensava estar em desuso). Desligou na cara, de novo.

Enquanto dou play no Amarcord de Fellini, penso comigo: "será que esta festa está MESMO tão boa assim???"

Nenhum comentário: