Brenda Ligia-Cinema,TV,Teatro

Minha foto
Brenda Ligia, atriz. Estreias em 2017: “Onde Quer Que Você Esteja” (longa da Macondo Filmes/SP); “Causa Mortis” (curta da LRJ Filmes/PE), “Sob Pressão” (série da Rede Globo/ direção: Andrucha Waddington) e “África da Sorte” (série da TV Brasil/direção: Renata Pinheiro). Brenda está nos longas "Todas as Cores da Noite" (Pedro Severien), "As Melhores Coisas do Mundo" (Laís Bodanzky), "Sangue Azul" (Lírio Ferreira), "Bruna Surfistinha" (Marcus Baldini). Atuou nas séries de televisão "A Mulher do Prefeito" (Rede Globo), "Beleza S/A" (GNT), "9mm SP" (Fox), "Somos Um Só" (TV Cultura). Também é apresentadora e videomaker (roteiriza, dirige e monta curtas autorais). Protagonizou diversos comerciais e videoclipes musicais. Estudou no Teatro Escola Macunaíma/SP; atuou em comédias, musicais, infantis e dramas. Foi dirigida por Wagner Moura na leitura dramática do espetáculo “Tchau, Querida!”, de Ana Maria Gonçalves, no Auditório Ibirapuera (nov/16). É formada em Comunicação Social pela Faculdade Oswaldo Cruz/SP, cursou Ciências Sociais na University of the West Indies (Trinidad & Tobago, Caribe) e Francês em Vevey (Suíça). CONTATO: brenda.ligia@hotmail.com

23 de março de 2009

Um Assunto REAL

Tudo tão novo pra mim... ter passado o carnaval em São Paulo, saído num bloco de rua (nos 4 dias, inclusive sob chuva, e desencapada!), me divertido horrooooores, e, surpreendentemente, após algumas semanas, ter sido convidada para o "Churrasco de Avaliação" pós-carnaval, quando, além de discutir as novas para o carnaval de 2010 (mas jaaaaá?!), todos "da diretoria" do bloco beberiam e comeriam alegremente numa linda casa no Embu. E lá fui eu.


Tudo perfeito. Embarquei, com namorado e seus amigos (todos da tal "diretoria" do bloco), nesta aventura -em meio à natureza (amém)- que imaginei ser "mais um churrasco na vida dos seres humanos do planeta Terra". E tal foi minha surpresa... ao perceber que aquela não era uma casa comum, e sim um lar (com o perdão da pieguice).


Era tudo REAL. A anfitriã que nos acolheu tão bem era uma linda mãe, Sônia, com sorriso terno. Seu marido, Pato, alegre e sereno. E o filho do casal, ah, como gargalhava e brincava, aquela criança! E eles recebiam amigos, naquele sábado . Verdadeiros amigos verdadeiros (redundante, propositalmente). Eram amigos de longa data. Entre eles, cumplicidade. Harmonia. Lembranças. Histórias. VIDA. E eu. Conclusão: fomos os últimos a partir. Foi delicioso.


Ao voltar pra casa, a conversa conjugal no Fusca 68. Comentávamos o dia. Relembrávamos a beleza do lugar onde tínhamos passado grande parte daquele sábado agradavelmente nublado e divertido. Ríamos, citando piadas internas. E me lembro claramente de ter feito a seguinte afirmação (e só uma pessoa no mundo é testemunha disso, Eduardo):


"A pessoa mais bem-humorada do churrasco era a Thais" (claro que, neste ponto, não tinha idéia - OPS, IDEIA! -de que THAIS era com agá. E quisera eu não ter tido... não por estes meios).

Ah, que prazer tive eu, em conhecer a Thais, naquele dia. Pouco conheci, mas marcou. Me faltam palavras, mas sobram sentimentos. Ela se foi, mas estará sempre presente. Na vida de tantos que, certamente, tanto a amaram. E sempre amarão.


Que seus amigos e familiares tirem forças (sabe-se lá de onde!) para suportar a dor, a saudade, a tristeza. Que a lembrança da sua alegria, simpatia, sorriso, grande caráter e personalidade forte sempre predomine... e que faça com que todos pulem, cantem e dancem em sua homenagem, no carnaval do ano que vem, quando o bloco Vai Quem Quer completará 30 anos. História e tradição. E a lembrança da Thais. Um ode à saudade vazia que a Thais deixou.


Pouco sei de toda essa história, de toda essa dor, de toda essa saudade. Não passo de uma tontinha que faz penteados novos. O que eles viveram, nunca viverei. E foi um prazer ter podido fazer parte de um fragmento de vida desta grande mulher, Thais Sauaya, que partiu deste mundo hoje à tarde, deixando um legado de coisas boas, realizações, doces lembranças, fortes risadas, livro publicado, árvore plantada... etc.


E agora, olho no relógio e vejo que são 4:04 da manhã. Desde que li as seguintes palavras num email, não consigo dormir.


"Prezados, é com imensa dor e consternação que comunico o falecimento da companheira de luta e de carnaval, Thais Sauaia. Ela sofreu acidente grave quando retornava de Brasília para SP nesta tarde de 23 de março. Seu companheiro Sergio Alli está internado em um hospital de Uberaba e felizmente está fora de perigo. Abraço, Mestre"


ORA, ORA... QUE IRONIA, ESSA VIDA. HÁ ALGUNS DIAS, THAIS PLANEJAVA O PRÓXIMO CARNAVAL. E NÃO PASSOU NEM PELA QUARESMA. QUEM IMAGINARIA? QUEM DIRIA? O QUE VEM DE CIMA SEMPRE É PREDOMINANTE. NÃO ADIANTA SE REVOLTAR, POIS TENTAR ENTENDER O QUE É SUPERIOR ESTÁ FORA DA NOSSA ALÇADA HUMANA. QUANDO A MISSÃO ESTÁ CUMPRIDA, VEM A HORA DA PARTIDA. SOMOS PEDAÇOS DE CARNE... FRÁGEIS! SÓ A ALMA É DURA. É POR ISSO QUE QUERO SER CADA DIA MELHOR. APRENDER. EVOLUIR. CRESCER. PORQUE SEI QUE DESSA VIDA NÃO SE LEVA NADA. É CLICHÊ, MAS É REAL.


"Há mais mistérios entre o céu e a terra, do que sonha nossa vã filosofia" William Shakespeare


E enquanto uns lamentam a morte, outros celebram a vida. Exemplo: hoje, no aniversário de 10 anos do meu sobrinho.




Parabéns, Biel, neste 23 de março. E parabéns, Thais, pelo bonito trajeto.
(tanta coisa séria, real, verdadeira... e eu, tonta, postando "meu cabelo novo". Aff, que vergonha)



2 comentários:

Pedro Mezgravis disse...

Parabéns pelo lindo texto!
Uma homenagem mais do que linda à Thais, que vai deixar muita saudades a todos que conviveram com ela. No meu caso, trabalhei com ela mais de um ano na Entrelinhas.
Parabéns tb pelo aniversário do seu sobrinho!

Pedro Mezgravis

Priscilla disse...

:(