Brenda Ligia-Cinema,TV,Teatro

Minha foto
Brenda Ligia, atriz de cinema, está em "Todas as Cores da Noite" (Pedro Severien), "As Melhores Coisas do Mundo" (Laís Bodanzky), "Sangue Azul" (Lírio Ferreira), "Bruna Surfistinha" (Marcus Baldini), e outros. Atuou nas séries de televisão "A Mulher do Prefeito" (Rede Globo), "Beleza S/A" (GNT), "9mm SP" (Fox), "Somos Um Só" (TV Cultura), diversos comerciais e videoclipes musicais. Também é apresentadora e videomaker (roteiriza, dirige, atua e monta os próprios filmes). Estudou no Teatro Escola Macunaíma/SP; atuou em comédias, musicais, infantis e dramas. É formada em Comunicação Social pela Faculdade Oswaldo Cruz/SP, cursou Ciências Sociais na University of the West Indies (Trinidad & Tobago, Caribe) e Francês em Vevey (Suíça). Estreia em 2017: série de TV "África da Sorte" (TV Brasil) e curta-metragem "Causa Mortis", de Luiz Rodrigues. CONTATO (cinema, televisão e teatro): brenda.ligia@hotmail.com

24 de julho de 2013

Amigo Oculto

"Seja o amigo oculto de alguém pra vida toda". Comercial do Ministério da Saúde, com a atriz Brenda Ligia. Direção: Marcos Jorge. Gravado em Curitiba.

Atriz Brenda Ligia em cena do comercial do Ministério da Saúde

22 de julho de 2013

Xirê, o making of

Brenda Ligia orgulhosamente apresenta: "XIRÊ, o making of".

Imagens & edição: Brenda Ligia.
Brenda Ligia durante o making of de Xirê (estreia em breve, nos cinemas)

Equipe do filme Xirê (Ateliê Produções. Direção: Marcelo Pinheiro)

20 de julho de 2013

Programa Cidade Saneada

Brenda Ligia apresentadora e atriz
Consegui este trabalho pela internet/ facebook, pois a produtora Anny Fernandes me enviou uma mensagem checando minha disponibilidade e pedindo meu material de apresentadora. 
Enviei, aprovaram, fui gravar na Maga Vídeo e foi ótimo! Não conhecia esta produtora, e adorei o astral e profissionalismo deles. Tudo correu muito bem, e espero que tenha sido apenas o primeiro de muitos outros trabalhos futuros. 
O Programa Cidade Saneada busca elevar o índice de atendimento do serviço de saneamento básico dos atuais 30% para 90%, em 14 municípios. 

Gravação na Maga Vídeo/ atriz e apresentadora Brenda Ligia/ direção: Gustavo Maciel



15 de julho de 2013

8 minutos com minha mãe


Minha mãe veio me visitar e aproveitei para usá-la como atriz do meu filme "8 minutos com minha mãe". 



Dedico aos meus irmãos Arthur e Kleber. 


Estrelando: mamãe! 


Minha mãe é uma peça.
Um filme de Brenda Ligia.

10 de julho de 2013

Meu mundo sou eu

Há muito tempo, quando meu marido ainda era namorado, fui acompanhá-lo em uma de suas gravações. Estava dirigindo um documentário pra TV Futura, chamado Meu Mundo Sou Eu (Luni Produções). Fomos gravar na casa de um rapaz, Ronaldo Correia Júnior, que ficou com paralisia cerebral pois faltou-lhe oxigênio quando nasceu. 
Ronaldo usando os dedos dos pés

Mas Ronaldo não ficou paralisado diante da vida, pois, mesmo não podendo falar, comer, andar sem a ajuda dos outros, lutou para se alfabetizar e hoje se comunica pelos DEDOS DOS PÉS. Em casa, tem uma placa de madeira com letras grandes que são tocadas pelos dedos dos seus pés, até formarem as palavras e frases que quer construir para dizer o que quer, sente, pensa. 

Prancha para os pés
Na internet, mantem o site Dedos dos Pés (http://www.dedosdospes.com.br), no qual narra, sem filtros, as desventuras de sua vida limitada somente fisicamente. Ronaldo é mental e psicologicamente normal. É inteligente,  autodidata em Economia, e também gosta de história, filosofia, astronomia, matemática... 

Já viajou pra Bélgica, Suíça, França, Portugal... já saltou de paraquedas, já amou e foi amado. Gosta de tomar cerveja no bar com os amigos. E já frevou, de cadeira de rodas, em pleno carnaval de Olinda. Ronaldo é dessas pessoas que você conhece e nunca mais esquece. Esse cara faz você pensar a vida de outra forma, e perceber que tudo é uma questão de visão de mundo. 
Ronaldo saltando de paraquedas
Meu Mundo Sou Eu- de Marcelo Pinheiro e Lula Queiroga (Luni Produções). 
"Muita gente me considera um vencedor, um herói, mas não gosto dessa imagem porque acho que minha reação às limitações físicas é uma mera questão de sobrevivência. Todo mundo tenta instintivamente compensar suas limitações, embora as pessoas se surpreendam com os resultados dessa atitude em quem tem deficiência. Prefiro que me encarem como um lutador, um ser humano que se viu na contingência de ter que enfrentar problemas maiores do que os normais para sonhar – principalmente com uma relação inteiramente não-virtual com uma mulher – e ter alegria de viver."
Ronaldo Correia Júnior

1 de julho de 2013

Ser a fim

As Confrarias- Atriz: Brenda Ligia/ Foto: Laryssa Moura
E o mês revolucionário terminou num domingo histérico, com o Brasil na final da Copa e a nossa Cia Teatro de Seraphim no fim da temporada do espetáculo inédito, escrito na época mais violenta do regime militar. E, 44 anos depois, a obra "As Confrarias", de Jorge Andrade, censurada em 69, se mostra ao público. E que público! Presente, aberto, reflexivo… o povo brasileiro do Recife tem sede de arte viva! Foram muitos amigos e conhecidos que prestigiaram nosso espetáculo ao longo da temporada, e foi surpreendente  contar tanta gente em pleno jogo da seleção. A Cultura é contagiante! 

No camarim, a TV pelo celular despertava furor nos meninos que assistiam a bola que rolava e fervia no campo e no peito de cada um. A plateia chegando, simpática. Os rapazes jogando, fanáticos. A torcida evocando, mística. Harmonia na coxia e na grama verde-esperança. Me sinto grata por estar ali, porque "o amor é importante no trabalho" e o teatro é a viagem que transcende o tempo, o espaço, e os limites de cada um. Esse é meu jogo, que me desnuda por inteiro e faz de mim um SER A FIM. 
Prólogo de As Confrarias. 
Foto: Américo Nunes
Elenco de As Confrarias no final da primeira temporada. Foto: Américo Nunes


As Confrarias pelas coxias- Imagens e edição: Brenda Ligia


Com diretor Antonio Cadengue

Tudo flui; no palco e fora, na mente e dentro. O grito de gol, a missão cumprida. A nação vingada, a liberdade prometida. Final da temporada, e fim da partida. O teatro é onde se esquece de si pra celebrar a vida! Lá, fogos. Aqui, meu coração em festa, fervendo e borbulhando com novos começos. Hoje a Seraphim é feita de vitória, Brasil.
Agradecimentos finais


 Foto: Laryssa Moura
Aos outros seres a fim, mando todo meu amor e agradecimento por trilharmos juntos esta parte do caminho. Acho que é isso a tal da felicidade... tais momentos inesquecíveis à alma humana. Tô a fim!